SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 número3A gestão da Vigilância de Violências e Acidentes e Promoção da Saúde no Paraná como uma resposta para o enfrentamento da violência doméstica e sexualLimitações no atendimento, pelas delegacias especializadas, das mulheres que sofrem violência sexual índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

  • Não possue artigos citadosCitado por SciELO

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Bookmark


BIS. Boletim do Instituto de Saúde (Impresso)

versão impressa ISSN 1518-1812

Resumo

LACERDA, Roberto dos Santos; ARAUJO, Edna Maria de; HOGAN, Vijaya Krisna  e  SOUZA, Ionara Magalhães de. Morbidade por causas externas: os casos não registrados pelo Sistema Único de Saúde (SUS). BIS, Bol. Inst. Saúde (Impr.) [online]. 2013, vol.14, n.3, pp. 312-319. ISSN 1518-1812.

O aumento da violência vem se configurando como um importante desafio enfrentado em todo o mundo. Objetivou-se analisar a morbidade violenta em Feira de Santana (BA), segundo o perfil das vítimas, agressores e circunstâncias dos atos violentos. Realizou-se um estudo transversal com coleta retrospectiva de casos que apresentaram lesões corporais atendidos pelo Departamento de Polícia Técnica do município, no período de 2006-2008. Foram registrados 4.158 casos de lesão corporal, com maior ocorrência entre homens jovens. A média de idade das vítimas foi 30,4 anos (± 13,2 anos). A distribuição segundo a faixa etária mostrou que os adultos jovens nas faixas de 20 a 29 anos e 30 a 39 anos concentraram os maiores percentuais de casos (34,5% e 23,8%, respectivamente). A análise por causa específica evidenciou que as violências intencionais foram mais frequentes entre pessoas de 10-19 anos (86,6%). As intervenções legais foram o principal motivo das agressões (28,9%), seguidas dos conflitos em família (21,5%). Evidencia-se a necessidade de melhoria da qualidade da informação gerada pelo boletim de ocorrência policial e laudo do exame de “corpo de delito” e efetivação de políticas públicas, na perspectiva do Sistema Único de Saúde, que enfoquem a prevenção da violência e a promoção da cultura da paz.

Palavras-chave : Morbidade; Causas Externas; Violência.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português