SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 número2Abatacept for patients with rheumatoid arthritis refractory to treatment with drugs modifying the disease courseTeriparatide for the treatment of osteoporosis in postmenopausal women assisted by the Brazilian Public Health System índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Articulo

Indicadores

  • No hay articulos citadosCitado por SciELO

Links relacionados

  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO

Bookmark


BIS. Boletim do Instituto de Saúde (Impresso)

versión impresa ISSN 1518-1812

Resumen

VENANCIO, Sonia Isoyama; DALLORA, Maria Eulália Lessa do Valle; LEICHSENRING, Mirtes Loeschner  y  NASCIMENTO, Andreia de Fátima. Insulinas de ação prolongada no tratamento de diabete mellitus tipo 2. BIS, Bol. Inst. Saúde (Impr.) [online]. 2013, vol.14, n.2, pp. 187-194. ISSN 1518-1812.

Este informe foi desenvolvido no âmbito do Curso Avançado de Avaliação de Tecnologias em Saúde, oferecido pelo Decit/Ministério da Saúde em parceria com Instituto de Efectividad Clínica y Sanitaria (IECS) e finalizado em fevereiro de 2012. Objeto: Avaliar as evidências sobre a eficácia das insulinas de ação longa (glargina e detemir) no tratamento de pacientes com diabete mellitus tipo 2 comparada ao tratamento convencional (insulina NPH). Métodos: Realizou-se busca nas bases de dados MEDLINE, Pubmed, EMBASE, Cochrane Library, Trip Database e LILACS, e de forma global, em diversas fontes para localizar Avaliações Tecnológicas, Políticas de Cobertura e Avaliações Econômicas. Deu-se prioridade a estudos de revisão sistemática (RS) de 2000 a 2011 e ensaios clínicos randomizados divulgados em português, inglês e espanhol, de 2008 a 2011, no intuito de aperfeiçoar a última RS identificada, publicada em 2010. Resultados: As insulinas de longa duração não se mostraram superiores à insulina NPH em relação ao controle glicêmico, medido pela hemoglobina glicosilada; mostraram-se mais eficazes em relação à insulina NPH na redução de episódios de hipoglicemia noturna e hipoglicemia em geral, em pacientes que recebem tanto insulina glargina quanto detemir, mas não se observou redução de episódios de hipoglicemia grave; as alterações no ganho de peso não foram analisadas em muitos estudos, mas houve tendência a menor ganho de peso com as insulinas de longa duração.

Palabras llave : Diabete Mellitus; Insulinas Análogas; Revisão Sistemática.

        · resumen en Portugués     · texto en Portugués     · pdf en Portugués