SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 número3Da intuição às políticas públicas: a jornada para incorporação do Método Canguru no cuidado ao recém-nascido de baixo pesoA arte da regulação na Secretaria Municipal de Saúde de Embu das Artes (Lições aprendidas) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

  • Não possue artigos citadosCitado por SciELO

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Bookmark


BIS. Boletim do Instituto de Saúde (Impresso)

versão impressa ISSN 1518-1812

Resumo

VENANCIO, Sonia Isoyama. Uma reflexão sobre as contribuições do Projeto Amamentação e Municípios (AMAMUNIC) para a gestão e práticas de saúde no SUS. BIS, Bol. Inst. Saúde (Impr.) [online]. 2012, vol.13, n.3, pp. 239-244. ISSN 1518-1812.

A promoção do aleitamento materno (AM), da alimentação complementar saudável e especialmente do aleitamento materno exclusivo (AME) são intervenções em saúde pública com grande potencial para a diminuição da mortalidade na infância, devendo ser consideradas por gestores e profissionais de saúde. Em consonância com o movimento de municipalização das ações de saúde no SUS, na década de 1990, foi concebido o Projeto Amamentação e Municípios (AMAMUNIC), para disponibilizar aos gestores municipais do Estado de São Paulo uma ferramenta para o diagnóstico e monitoramento da situação da amamentação. Desde 1998, o Instituto de Saúde promove treinamentos voltados a equipes municipais para a realização de inquérito sobre práticas de alimentação infantil durante as campanhas de vacinação. Em um período de dez anos (1998-2008), 345 municípios realizaram a pesquisa, representando 53% dos 645 municípios paulistas. Dentre os municípios participantes, 175 adotaram a estratégia para o monitoramento dos indicadores de amamentação, realizando a pesquisa duas ou mais vezes no período analisado. O presente artigo trata-se de um relato de experiência, o qual tem por objetivos descrever o contexto de formulação e o desenvolvimento do Projeto nos seus 14 anos de implementação, analisar os avanços no conhecimento sobre o perfil epidemiológico, tendência, determinantes da amamentação e refletir sobre as possíveis contribuições do Projeto no tocante à incorporação dos resultados para o planejamento e avaliação das ações de aleitamento materno nos municípios.

Palavras-chave : Amamentação; Inquéritos Epidemiológicos.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português