SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 número2Migração, exclusão social e serviços de saúde: o caso da população boliviana no centro da cidade de São PauloA saúde do trabalhador com deficiência (TcD) em Pindamonhangaba índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

  • Não possue artigos citadosCitado por SciELO

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Bookmark


BIS. Boletim do Instituto de Saúde (Impresso)

versão impressa ISSN 1518-1812

Resumo

GIANNA, Maria Clara. CRT DST/Aids-SP implanta primeiro ambulatório para travestis e transexuais do país I. BIS, Bol. Inst. Saúde (Impr.) [online]. 2011, vol.13, n.2, pp. 182-189. ISSN 1518-1812.

A Coordenação Estadual DST/Aids-SP, vinculada a Secretaria da Saúde de São Paulo, inaugurou em junho de 2009, em suas dependências, o primeiro ambulatório de saúde do Brasil dedicado exclusivamente a travestis e transexuais. O serviço é uma referência nacional, com profissionais especializados, preparados para lidar com as dificuldades e demandas específicas desses grupos sociais. Seu ambulatório presta atendimento especializado em urologia, proctologia e endocrinologia (terapia hormonal), avaliação e encaminhamento para implante de próteses de silicone e cirurgia para redesignação sexual. O local é responsável pela elaboração de protocolos clínicos, por desenvolver e avaliar tecnologias e modelos assistenciais e promover atividades integrando movimentos sociais, e também de treinamento para profissionais de saúde nessa área de atuação. A orientação sexual e a identidade de gênero são fatores determinantes para a saúde, não apenas por implicarem em práticas sexuais e sociais específicas, mas também porque podem significar o enfrentamento cotidiano de preconceitos e violações de direitos humanos. Este serviço foi criado para facilitar o acesso de populações vulneráveis ao Sistema Único de Saúde, garantindo a elas o direito à saúde.

Palavras-chave : Saúde; GBTL; Vulnerabilidade; SUS.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português