SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 número1Avaliação de desempenho do aparelho de amplificação sonora individual modelo retroauricular, digital e de especificações mínimasA via judicial para o acesso aos medicamentos e o equilíbrio entre as necessidades e desejos dos usuários do Sistema de Saúde e da indústria índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

  • Não possue artigos citadosCitado por SciELO

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Bookmark


BIS. Boletim do Instituto de Saúde (Impresso)

versão impressa ISSN 1518-1812

Resumo

VILLA, Tereza Cristina Scatena et al. Avaliação das dimensões organizacionais e de desempenho dos serviços de saúde que atuam no controle da tuberculose em municípios do Estado de São Paulo. BIS, Bol. Inst. Saúde (Impr.) [online]. 2011, vol.13, n.1, pp. 60-65. ISSN 1518-1812.

RESUMO O objetivo deste trabalho foi avaliar as dimensões organizacionais e de desempenho dos serviços de saúde que atuam no controle da tuberculose (TB) em municípios do Estado de São Paulo, no ano de 2007. Trata-se de um estudo descritivo, realizado na Sé, em São Paulo, em Ribeirão Preto (RP) e São José do Rio Preto (SJRP), utilizando um instrumento baseado no The Primary Care Assessement Tool (PCAT) para avaliação da organização e desempenho dos serviços no controle da TB no Brasil, referentes às dimensões: porta de entrada, acesso, vínculo, elenco de serviços, coordenação, enfoque na família e orientação para a comunidade. Indicadores foram construídos a partir da média dos escores de resposta, sendo classificados em satisfatório, regulares e insatisfatórios. Em RP e SJRP, foram obtidos desempenhos satisfatórios com as dimensões: acesso ao diagnóstico, tratamento, vínculo; e insatisfatórios as de caráter coletivo, como enfoque na família e comunidade. Dentre os gestores, notou-se um desconhecimento sobre as ações de TB realizadas em seu território. Na supervisão da Sé, as avaliações entre doentes e gerentes mostraram-se divergentes, mas o vínculo e os benefícios oferecidos foram considerados determinantes à adesão ao tratamento. Recomenda-se assegurar adequadas condições para a incorporação das ações de diagnóstico e tratamento da TB com capacitação das equipes para executá-las.

Palavras-chave : Tuberculose; avaliação de serviços de saúde; atenção primária de saúde.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português