SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 número2A Região Metropolitana de São Paulo e os desafios para a equidade em saúdeO protagonismo da saúde nos projetos de inclusão social em Santo André (SP) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

  • Não possue artigos citadosCitado por SciELO

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Bookmark


BIS. Boletim do Instituto de Saúde (Impresso)

versão impressa ISSN 1518-1812

Resumo

FARIAS, Norma; LAURENTI, Ruy  e  HOLCMAN, Marcia Moreira. Declínio da mortalidade cardiovascular e desigualdades sociais no município de São Paulo:1996-1998 e 2003-2005. BIS, Bol. Inst. Saúde (Impr.) [online]. 2010, vol.12, n.2, pp. 127-132. ISSN 1518-1812.

RESUMO O artigo objetiva avaliar as diferenças na mortalidade pelo conjunto das doenças cardiovasculares na população do município de São Paulo, segundo áreas socioeconômicas, entre os períodos de 1996 a 1998 e 2003 a 2005. Os dados de óbitos foram obtidos do Programa de Aprimoramento das Informações sobre Mortalidade do Município de São Paulo. As áreas socioeconômicas foram delimitadas a partir do mapa da inclusão social para a cidade. Os coeficientes de mortalidade por sexo, padronizados por idade, foram calculados para cada área e período. Os coeficientes de mortalidade diminuíram entre os períodos em todas as áreas socioeconômicas. Os coeficientes mais altos foram observados na área 3 (exclusão social), e os menores, na área 2 (inclusão social). A razão de coeficientes entre os períodos mostrou aumento no excesso da mortalidade na área mais pobre (5) em relação à área mais rica (1), que passou de +2% (1996 a 1998) para +38% (2003 a 2005) na população masculina e de -21% para +7% na população feminina, respectivamente. A desigualdade social na mortalidade cardiovascular, avaliada pelas mudanças de gradiente dos coeficientes entre áreas socioeconômicas de residência, aumentou entre os períodos. Esta desigualdade foi maior na população masculina comparada à população feminina.

Palavras-chave : Doenças cardiovasculares; mortalidade; desigualdades em saúde.

        · resumo em Inglês     · texto em Português